A Polícia Rodoviária Federal em Pernambuco (PRF) registrou este ano 59 acidentes e sete mortes nos quatro dias da ‘Operação Dia do Trabalho’, realizada nas rodovias federais que cortam o estado. A média foi de 14,75 colisões a cada dia de fiscalização durante o feriadão. Houve, ainda, 32 feridos.

Em 2016, não houve operação específica, já que o feriado caiu em um domingo. No entanto, considerando o período de 29 de abril a 2 de maio de 2016, foram registrados 51 acidentes, com 44 feridos e 12 mortos.

Durante a operação em 2017, 2.415 veículos e 2.422 pessoas foram fiscalizados, ocasionando a emissão de 984 autos de infração por diversas irregularidades, sendo 38 pelo não uso do cinto de segurança, 36 por ultrapassagens, 10 pela falta da cadeirinha.

Também foram registradas 278 imagens de veículos trafegando com excesso de velocidade. Para coibir a embriaguez ao volante, foram realizados 903 testes de alcoolemia, que resultaram em 42 autuações e prisões de motoristas dirigindo sob efeito de álcool.

O primeiro dia da operação, que ocorreu no Dia Nacional de Paralisação, teve cerca de 20 pontos de interdição e foi acompanhado pelas equipes para desobstrução das rodovias federais.

Fonte: g1.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *