Em meio às homenagens pelo 90º aniversário de Ariano Suassuna, o Governo de Pernambuco, por meio da Secult-PE e da Fundarpe, anuncia os vencedores do 2º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia. Dentre os vencedores foi contemplado o escritor vitoriense Raphael Gustavo Soares Ferreira, autor de “O Gaioleiro”.

Motivado pelo inestimável legado de Ariano para a cultura brasileira, o edital recebeu 66 inscrições, de todas as macrorregiões do Estado. Na categoria de Cultura Popular, mestres e mestras, grupos e comunidades tradicionais de Pernambuco foram reconhecidos. “À luz do compromisso que Ariano sempre manifestou com o fazer artístico humanista e a defesa incansável da cultura popular como formadora da identidade do nosso povo, estamos reconhecendo iniciativas que contribuem para a transmissão de saberes e fazeres e ainda para a preservação da memória de nossas expressões populares”, comenta Marcelino Granja, Secretário Estadual de Cultura.

Já na área de Dramaturgia, a Comissão de Seleção, formada por representantes do poder público e da sociedade civil – selecionados por meio de Convocatória Específica – decidiu premiar um texto inédito para Teatro Adulto. “Uma das maiores conquistas do Prêmio é o estímulo ao surgimento de novas obras para o teatro pernambucano, tão marcado pela força de sua produção e pelo talento dos realizadores, mas que ainda carece de ações formativas e de aprimoramento em todas as regiões do Estado”, aponta a Presidente da Fundarpe, Márcia Souto.

De Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, Raphael Gustavo também é autor do livro de literatura Infanto-juvenil “TRÊS FULÔS DE CONTAÇÃO”, lançado mês passado. É um vitoriense que vem desenvolvendo seus trabalhos no campo da Educação, do Teatro e da Literatura, e  é vencedor de 04 Prêmios Literários, entre eles, o 1° lugar para Dramaturgia infantil no Prêmio Ariano Suassuna, em 2016 – pelo Governo de Pernambuco.

PREMIAÇÃO – Os vencedores da categoria Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres serão contempladas com R$ 10 mil, cada. Na categoria grupo, o valor do prêmio é de R$ 15 mil. Na área de Dramaturgia, o Prêmio para o primeiro lugar é de R$ 10 mil; e R$ 7 mil para o segundo colocado. A data de entrega dos prêmios aos vencedores será anunciada em breve.

VENCEDORES NO SEGMENTO CULTURA POPULAR

RMR – GRUPO
Cambinda Estrela: No Baque da Cidadania – Uma reflexão sobre cultura popular, saberes e fazeres (Recife)

RMR – MESTRE
Dona Glorinha do Coco (Olinda)

AGRESTE – GRUPO
Grupo Bacamarteiros Batalhão 56 (Riacho dos Almas)

AGRESTE – MESTRE
Mestre João Elias Spíndola (Poção)

ZONA DA MATA – GRUPO
Caboclinho Cahetés de Goiana

ZONA DA MATA – MESTRE
Mestre Biu Alexandre (Condado)

SERTÃO – GRUPO
Samba de Veio (Ilha do Massangano/Petrolina)

SERTÃO – MESTRE
Zé Carlos do Pajeú (Tabira)

VENCEDORES NO SEGMENTO DRAMATURGIA

CATEGORIA TEATRO ADULTO

1º lugar
Texto: O Gaioleiro
Autor: Raphael Gustavo Soares Ferreira
Município: Vitória de Santo Antão

2º lugar
Texto: Sina
Autora: Andala Pereira da Silva
Município: Paulista

Soberana, a Comissão de Seleção deliberou pela não premiação de nenhum inscrito nas categorias de Teatro para Infância e Juventude e Teatro para Formas Animadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *