O Santa Cruz de 2018 será quase inteiramente diferente do que caiu para a Série C em 2017. Poucos jogadores ficaram – muitos deles formados nas categorias de base do clube. Um deles é o volante João Ananias, que entende a necessidade da profunda reformulação, mas a enxerga como um risco.

– É um trabalho muito difícil. Eu já passei por essa situação antes. E a gente sabe do risco que é a reformulação do elenco. Vai ser difícil, muito trabalho. Mas estamos aptos a superar obstáculos. A diretoria sabe o que está fazendo.

globoesporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *