UOL

Tem circulado pelas redes sociais a notícia de que a Petrobras vai aumentar em 8,9% o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) Residencial, mais conhecido como gás de cozinha. Procurada pela reportagem, a estatal informou que trata-se de mais uma notícia falsa, visto que desde janeiro deste ano, os reajustes no preço do gás de cozinha passaram a ser realizados a cada três meses.

Desta forma, como o último reajuste no preço do gás aconteceu em abril deste ano, quando o valor foi reduzido em 4,4%, a próxima mudança no valor do gás só irá ocorrer em julho. De acordo com a Petrobras, o gás de cozinha para ser comercializado em botijões de 13 quilos tem o preço de venda formado pela média das cotações dos gases butano e do propano no mercado europeu, mais uma margem de 5%.

O cálculo do percentual de ajuste irá considerar as variações das cotações desses produtos e do câmbio nos doze meses anteriores, a partir do quarto trimestre de 2018. Até lá, vale uma regra de transição pela qual o período de apuração das cotações e do câmbio será gradativamente ampliado, passando de seis meses para nove meses, para então atingir doze meses.

AUTUAÇÃO 

Quatro depósitos de gás de cozinha foram autuados por cobrança abusiva em cima do valor do Gás LP pelo Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor do Cabo de Santo Agostinho (Procon-Cabo), semana passada. Após denúncias de consumidores, o órgão puniu os estabelecimentos dos bairros de Charnequinha e Novo Horizonte, no Cabo, Grande Recife, por estipularem a venda de botijões entre R$ 80 e R$ 120. Após a autuação, segundo o Procon, os estabelecimentos devem receber multas por aplicarem preços acima do regulado. “Nós contatamos à venda com preço acima do normal. Eles foram autuados e terão 10 dias para apresentar a defesa”, contou o advogado do órgão, Marcelo Soares, sobre a pena.

Em caso de uma venda acima de R$ 70,00, o Procon orienta que os consumidores façam uma denúncia, ligando para o número (81) 3521-6621. Outra dica é guardar a nota fiscal, em caso do dinheiro, e guardar o comprovante em caso de compra nos cartões de crédito e débito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *