Nesta quinta-feira (07/10), o prefeito de Vitória de Santo Antão e diretor da Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), Paulo Roberto, representou a entidade em audiência pública sobre os impactos da pandemia na Cultura. O encontro, promovido pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, contou com a participação de representantes das classes artísticas populares e do poder público.

Conduzida pelo presidente do Tribunal, conselheiro Dirceu Rodolfo de Melo Júnior, a reunião teve o intuito de entender melhor os impactos da Covid-19 no financiamento das atividades artísticas no Estado e encontrar alternativas para simplificar a comprovação de gastos de recursos público destinados ao fomento das manifestações de cultura popular. Assim, busca-se garantir a maior efetividade das políticas públicas voltadas para esta área.

Durante o debate, Paulo Roberto, destacou a atuação da AMUPE na busca por estratégias para superar a crise no setor cultural. “A AMUPE vem realizando um trabalho em conjunto com a Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco e com os demais órgãos que trabalham pela cultura. Nesse período que prejudicou a cultura, principalmente, a popular, a associação buscou de forma online levar informações a todos os 184 municípios, procurando de uma forma direta a profissionalização dos produtores de cultura”, disse.

Ainda foram convidados para participar do encontro, o Secretário de Cultura do Estado, Gilberto Freyre Neto, o presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto, produtores culturais e artistas como Armando Dantas e Maestro Formiga. Na Prefeitura da Vitória, também assistiam a audiência trabalhadores da Secretaria de Cultura, Turismo e Economia Criativa, Demétrius Lisboa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *