Em decorrência das fortes chuvas que atingem Vitória de Santo Antão, a Prefeitura da cidade emitiu uma orientação solicitando a saída de todos moradores das áreas ribeirinhas do Rio Itapacurá. Para abrigar essas famílias, foram disponibilizados três pontos de acolhimento, sendo eles: a Escola Municipal Pedro Ribeiro, na Matriz, o Clube O Cisne, no Cajá, e a Quadra da Bela Vista.

Nos locais, equipes da Secretaria de Assistência Social, Juventude e Cidadania estão realizando cadastro e acompanhamento dos desabrigados. Também estão sendo oferecidos nos locais serviços de saúde, como atendimento médico, teste de Covid e distribuição de medicamentos.

A atuação da Defesa Civil vem sendo reforçada desde o início do aumento das chuvas no município, já tendo sido decretado Estado de Emergência pela gestão municipal. “É necessário que as pessoas que estejam em área de risco saiam o quanto antes, pois apesar de as chuvas terem diminuído, o nível de água no rio ainda está alto, devido às águas que vêm de outro municípios”, alerta o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Torres.

“Graças ao trabalho de limpeza realizado no rio este ano, conseguimos minimizar os impactos das chuvas. Estamos também realizando um trabalho em conjunto com todas as secretarias para proteger nossa população”, coloca o prefeito Paulo Roberto.

A Prefeitura também abriu um ponto de arrecadação na Casa dos Conselhos, localizado em frente à Igreja do Livramento. A orientação é que todas as doações sejam direcionadas ao espaço, para, então, serem distribuídos aos abrigos.

Para situações de emergência, a população deve entrar em contato através do (81) 98219-1552.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *